Em leilão sem disputa, Equatorial Energia arremata Cepisa, do Piauí – Safira Energia

Em leilão sem disputa, Equatorial Energia arremata Cepisa, do Piauí

-SÃO PAULO E RIO- Sem disputa, a Equatorial Energia arrematou a Companhia Energética do Piauí (Cepisa) em leilão na B3. A empresa foi a única a apresentar proposta pela distribuidora, uma das cinco companhias deficitárias que a Eletrobras pretende vender até o fim de agosto. O governo estima que a operação renderá R$ 95 milhões aos cofres públicos em outorga. Além disso, a Equatorial fará um aporte de capital de R$ 716 milhões na Cepisa. A Equatorial Energia já controla as distribuidoras do Maranhão e do Pará.
Para especialistas do setor elétrico, a notícia foi um sinal de alívio para a estatal, já que a venda das distribuidoras é considerada crucial para a reestruturação da Eletrobras. A falta de concorrência, porém, foi apontada como sinal de alerta já que a Cepisa era considerada a empresa mais atraente da lista de companhias à venda. A distribuidora do Piauí tem dívida bilionária e foi vendida pelo valor simbólico de R$ 50 mil. As demais empresas, localizadas em Acre, Amazonas, Roraima e Rondônia, devem ser leiloadas no dia 30 de agosto. A empresa também quer se desfazer de empresa em Alagoas, mas uma decisão judicial impede. Caso não consiga se desfazer das companhias até o fim do ano, a Eletrobras corre o risco de arcar com uma fatura bilionária, superior a R$ 20 bilhões, para liquidá-las.
Para Igor Kfouri, analista da Eleven Financial, a baixa concorrência preocupa pois as outras empresas têm menos clientes:
— Imaginava ter ao menos três concorrentes para a Cepisa.
Outros especialistas ponderam, porém, que o resultado foi positivo para o governo e para a Eletrobras. A estatal se livrou de uma empresa deficitária e de uma dívida gigantesca. Para André Cruz, diretor de Regulação da Safira Energia, o próximo leilão tem a chance de atrair mais participantes se a autorização para a venda dos ativos receber o aval do Senado Federal e a sanção presidencial, o que ajudaria a reduzir a incerteza jurídica.
O modelo do leilão foi de deságio, ou seja, saiu vencedor quem aceitou receber o menor valor referente à revisão tarifária de 2017. Isso significa abrir mão de parte do reajuste das tarifas deenergia aplicado na conta dos consumidores. A Equatorial deu um lance de 119 pontos. Isso significa que ela abriu mão dos 100% dos R$ 844 milhões que receberia caso aplicasse o reajuste de 8,52% autorizado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Já os 19 pontos percentuais adicionais serão pagos à União e equivalem aos R$ 95 milhões de outorga.
O presidente da Eletrobras, Wilson Ferreira Júnior, considerou o resultado um sucesso. O presidente da Equatorial Energia, Augusto Miranda, deixou claro que o grupo tem interesse nas demais distribuidoras da Eletrobras e disse ser favorável à hipótese de a Eletrobras participar com até 30% do capital da Cepisa. (Colaborou Ramona Ordoñez)
Fonte: O Globo

Safira Energia

Safira Energia

Safira Energia há mais de dez anos. Dentro do universo complexo do Mercado Livre de Energia

Compartilhe