Safira busca aumentar eficiência energética no país em parceria com startups

10/04/18

Conversamos com Mikio Kawai, diretor-executivo da Safira, para conhecer as expectativas do primeiro programa de investimento em startups

A Safira Energia está apostando em trazer soluções para o setor energético no país de outra forma: através da parceria com startups. A companhia, que tem entre os seus clientes grandes nomes como Braskem e Volkswagen, aposta na inovação para continuar relevante em um mercado que muda cada vez mais rápido.

Grandes nomes do ecossistema de startups se transformaram em inspiração para a Safira. “O que nos motivou foi o sucesso veloz de várias startups que ficaram conhecidas por facilitar a vida de uma parcela importante da sociedade mundial, a exemplo de Airbnb, Uber, etc, deixando que as escolhas individuais tivessem preferência e déssemos saltos na direção de uma maior qualidade de vida e eficiência econômica”, explica Mikio Kawai, diretor-executivo da Safira Energia.

O primeiro trabalho da Safira com startups será através do Programa Safira Inovação, no qual a empresa escolherá empresas para trabalhar em parceria e realizar investimentos em troca de equity. “As expectativas são muito positivas. Propõe-se uma conexão virtuosa na busca por eficiência e soluções importantes para problemas da sociedade contemporânea, principalmente em como dar acesso aos vários tipos de energia limpa para uma população crescente e tecnológica”, comentou o diretor.

Apesar da Safira ser uma empresa especializada em energia, startups de quaisquer setores poderão participar do Programa de Inovação, desde que adaptem suas soluções para a energia. “As startups podem trazer várias soluções, desde a investigação de novos materiais que teriam capacidade de guardar mais energia por mais tempo que as tecnologias que temos em voga, bem como a criação de processos de financiamento em massa de projetos de geração, independentemente do tamanho”, afirmou Kawai.

Além de receberem investimento, as startups que participarem do programa terão a oportunidade de trabalhar com a eficiência operacional da Safira e experimentar a ampla visão de futuro e a alta capacidade de execução trabalhadas pela empresa. “As startups poderão entender os prós e contras de todos os tipos de fonte de energia, sejam renováveis ou de combustíveis fósseis, e o papel que se espera de cada uma”, comentou o diretor.

Segundo o EPE, apenas em fevereiro deste ano, o consumo de energia elétrica aumentou em 1,7% em comparação ao mesmo mês em 2017. É por isso que a Safira Energia está focando principalmente na energia elétrica, buscando o auxílio das startups para trazer maior eficiência a um setor em pleno crescimento. “O consumo de energia elétrica cresce com a renda da população. Consequentemente, ao buscarmos evoluir tecnológica e socialmente os mais ermos países, espera-se que haja energia disponível para todos, em preço e quantidade desejados”, explicou Mikio Kawai.

A tendência é que o consumo de energia elétrica continue em crescimento, visto que estamos mudando a matriz energética dos automóveis. O Reino Unido e a França permitem a venda de carros movidos a gasolina e diesel apenas até 2040 – depois dessa data, as vendas desses carros serão proibidas, sendo substituídos por veículos movidos por energia renováveis.

China e Índia planejam proibir a venda de veículos movidos a combustíveis fósseis antes de 2030 e a Noruega está ainda mais urgente, planejando proibir a venda até 2025. O país europeu foi o primeiro a se pronunciar sobre a proibição de carros com combustíveis fósseis.

Conheça o Programa Safira Inovação de investimentos em startups e contribua com a eficiência energética do país em parceria com uma das maiores consultorias especializada no setor. Saiba mais e inscreva-se aqui – as inscrições serão encerradas em 16/04/2018.

Deixe aqui o seu comentário