No Mercado Livre de Energia, os consumidores têm autonomia para negociar condições personalizadas para a contratação de ofertas de energia provenientes de diferentes fontes diretamente com quem gera esse recurso. Em outras palavras, isso permite que seus negócios tenham acesso a fornecedores com produtos, preços, indexações e prazos diversos, todos disponíveis para que encontrem a opção que se encaixa em seus planejamentos

O Mercado Livre de Energia e suas vantagens

Desde 2004, o mercado de energia no Brasil é regulamentado pela Lei 10.848 e pelo Decreto nº 5.163, que dividem o cenário em duas grandes categorias: Ambiente de Contratação Regulada (ACR) e Ambiente de Contratação Livre (ACL). Enquanto o primeiro, conhecido como Mercado Cativo de Energia, baseia-se na relação direta de compra e venda entre consumidores e um único distribuidor local; o segundo, batizado de Mercado Livre de Energia, permite:

  • Escolher entre uma variedade de fornecedores
  • Posicionar-se estrategicamente
  • Reduzir custos
  • Acessar energia de fontes renováveis
  • Negociar preços, prazos e indexações
  • Investir em geração de energia

Quem pode estar no Mercado Livre?

Hoje, o Mercado Livre de Energia já está disponível para as empresas cuja demanda contratada é igual ou acima de 500 kW, possibilitando também o consumo de energias renováveis.

  • Consumo entre 500 kW e 3.000 kW – Empresas com esse perfil de demanda podem utilizar energia de fontes renováveis dentro do Mercado Livre de Energia.
  • Consumo acima de 3.000 kW – Empresas com esse perfil de demanda podem utilizar energia tanto de fontes renováveis quanto de fontes convencionais.

Mercado Livre X Mercado Cativo

Mercado Livre

A Safira Energia auxilia consumidores e geradores na melhor contratação de energia, com preços negociados de forma livre.

Mercado Cativo

Não há liberdade para escolha de fornecedor e as tarifas são reguladas.

Glossário

Fique por dentro dos principais termos utilizados em nosso mercado:

  • ACL - Ambiente de Contratação Livre
  • ACR - Ambiente de Contratação Regulada
  • ANEEL - Agência Nacional de Energia Elétrica
  • CAR - Curva de Aversão ao Risco
  • CCD - Contrato de Conexão ao Sistema de Distribuição
  • CCEAL - Contrato de Compra de Energia em Ambiente de Contratação Livre
  • CCEE - Câmara de Comercialização de Energia Elétrica
  • CCEI - Contrato de Compra de Energia Incentivada
  • CCT - Contrato de Conexão ao Sistema de Transmissão
  • CMO - Custo Marginal de Operação
  • CMSE - Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico
  • CNPE - Conselho Nacional de Política Energética
  • ENA - Energia Natural Afluente
  • EPE - Empresa de Pesquisa Energética
  • ESS - Encargo de Serviços do Sistema
  • GW - Gigawatt
  • MCP - Mercado de Curto Prazo
  • MLT - Média de Longo Termo
  • MME - Ministério de Minas e Energia
  • MW - Megawatt
  • MWh - Megawatt-hora
  • ONS - Operador Nacional do Sistema Elétrico
  • PCH - Pequenas Centrais Hidroelétricas
  • PLD - Preço de Liquidação das Diferenças
  • PMO - Programa Mensal da Operação
  • SIN - Sistema Interligado Nacional
  • kV - Quilovolt
  • kW - Quilowatt
  • kWh - Quilowatt-hora